Se for para se perder que se perda no Lost On Net

The Big Bang Theory: A série que mistura Nerds e comédia

Salve pessoal!
Tudo tranquilo?
Eu to aqui na madrugada de domingo pra segunda (maldita segunda ¬¬), escutando uma playlist com a abertura de Pokemon e Death Note (nem um pouco Nerd né?) e tentando esquecer que tenho aula de manhã como qualquer aluno do ensino médio.

Mas falando sobre Nerds. Para muitos, Nerds são aquelas pessoas esquisitas, que ficam pelos cantos e que não são nem um pouco legais ou engraçadas. Para quem pensa assim, está mais do que na hora de assistir a melhor série de comédia desde F.R.I.E.N.D.S (é isso mesmo!) THE BIG BANG THEORY !

Certo dia estava eu assistindo a Warner em alguma tarde de 2009,  estava entendiado e esperando começar alguma repetição de algum episódio de F.R.I.E.N.D.S (que aliás é minha série preferida EVER, outro dia faço uma matéria especial sobre essa galerinha) até que começo o 1º episódio de The Big Bang Theory, tinha nada pra fazer então fui assistir pensei: ”Envolve Nerds ? que clichê mas vamo lá ¬¬” (até porque me identifico com esse mundo)


Um pouco sobre a série: Conta a história de dois amigos nerds que ganham uma nova vizinha que é bem diferente dos padrões de beleza, deles. Ela é loira, magra, linda, mas não tem o mesmo nível de QI dos dois (clichê!). Sheldon e Leonard são jovens físicos com doutorado e trabalham em uma universidade, realizando estudos com o intuito de melhorar as nossas vidas. Eles dividem apartamento e em certo dia, aparece essa nova vizinha, Penny, recém chegada do interior, foi para a cidade grande com o intuito de realizar seu grande sonho de tornar-se atriz, mas que vai logo por água abaixo, fazendo com que ela seja uma garçonete e tanto.

Sheldon é o nerd mais louco da série (o que nos faz apaixonar pelo personagem) , alucinado por todos os tipos de jogos (RPGonline e vídeo-game) e séries de TV como Battlestar Galactica e Star Trek (Parece alguém que conheço quando olho no espelho). Leonard é o cara mais na dele, que tem que agüentar as loucuras de Sheldon, como não poder sentar em um local específico do sofá, sendo esse local o assento de Sheldon, sendo essa só uma das muitas manias dele.

Esse quarteto é completo com a presença dos dois melhores amigos de Leonard e Sheldon: Raj e Howard. Raj é um indiano que foi para os Estados Unidos com o intuito de estudar e acabou ficando na cidade, morando sozinho. Ele tem um sério problema com mulheres: não consegue trocar uma palavra sequer com uma sem estar sob efeitos do álcool. Howard é um engenheiro (o único sem doutorado dos quatro amigos, motivo de piada entre eles) que vive com a mãe e é tratado como garotinho por ela, que não aparece na série, só ouvimos seus berros (HOOOOOWAAAARD!). A série mostra o dia-a-dia deles com várias coisas que podem ser comuns para nós, mas que para eles são coisas extraordinárias, como uma simples viagem de carro, por exemplo. 

Também apresenta o choque cultural entre o único indiano da turma, que sempre se sente excluído e os outros e apresenta também a inteligência diferente de Penny, afinal não é porque ela não tem doutorado que ela seja burra, né (além de ganhar vantagem entre eles por ser bonita, receber cantadas sempre) tudo bem que ela não entende nada sobre física ou jogos e super-heróis mas Penny, com sua simpatia acaba trazendo atividades diferentes para o grupo como jogos de perguntas e respostas sobre a vida das celebridades (perguntas como : Quantos discos Britney Spears gravou?) que Sheldon acaba achando desnecessário. 

Mas Penny e os garotos com seu jeito geek de ser, acabam se juntando sempre no jantar por exemplo por morarem perto e serem jovens o que acaba formando uma família (coincidência com F.R.I.E.N.D.S?). O mais interessante de The Big Bang Theory é que eles fazem piada com tudo, até com física quântica.


O seriado abusa de clichês, extrapola em tudo, os caras não são nerds, são totalmente nerds, sem vida social, sem nada. Mas é justamente por isso que é engraçado. Uma das primeiras piadas do seriado dão uma idéia do que é a série:

Resumindo o video, Leonard (o de óculos) e Sheldon (a camisa tem uma estampa do THE FLASH já pra saber como é a vida do cara) estão num lugar onde compram o esperma de gênios. Assim acontece o seguinte diálogo.

Sheldon: Não podemos vender, não foi provado que a inteligência é herdada. Minha irmã por exemplo é uma mula. Alguma mulher irá depositar toda sua esperança no meu esperma. E se não der certo e ela se irritar porque o filho não sabe se deve usar derivada ou integral para calcular a área debaixo de uma curva ?
Leonard: Garanto que ela ainda irá ama-lo.
Sheldon: Eu não iria.

Esse diálogo eu também gostei:

Leonard: Vamos convidar a vizinha para almoçar.
Sheldon: Não
Leonard: Mas você precisa aumentar seu círculo de amizades.
Sheldon: Não preciso, eu já tenho 212 amigos no myspace.

Alguns dos bordões clássicos são: ”BAZINGA!”, ”Você não acha que se eu estivesse errado eu sabia?”, ”Eu não sou Maluco! Minha mãe fez os testes”  e ”Não são DESENHOS! são ANIMES” (quem é Otaku vai apoiar essa agora)
Todas essas faladas pelo gênio Sheldon cooper (ele é gênio mesmo, fez faculdade com 11 anos e possui 187 de QI!)

A abertura do seriado é bastante legal também, são várias imagens históricas passando rapidamente ao som de uma música tocada pela banda Barenaked Ladies, eu viciei rápido além de ter tudo a ver com o tema da série:

O que quero dizer é que além de divertida, é inspiradora, no decorrer da série (que já está na quinta temporada!) da pra ver esses Nerds e sua dificuldade para ingressar no mundo social, Leonard mesmo faz de tudo para fazer parte dele,   já o Sheldon evita ter contato com a sociedade como ele mesmo diz: ”É muito superior para se render a paradigmas sociais” (Risos) então acaba sendo legal se identificar com esses Nerds que sofre o que muitos sofrem e eles usam uma forma divertida de nos mostrar. 

A série já ganhou vários prêmios, incluindo People’s Choice Awards, Emmy,Teen Choice Awards e Globo de Ouro, merecidos claros.

Pessoalmente eu me identifico muito com a série, muito mesmo, não é a toa que eu assisto as reprises todo dia na Warner durante o almoço e espero ansiosamente os novos episódios semanalmente. Enfim fica aí a dica, aliás pra quem curte esse mundo Geek é um ótimo lugar para tirar inspirações de bordões, estilos (to falando porque faço isso) e até tentar trazer mais conhecimento e diversão para a vida, sem que perca sua identidade.

E para finalizar, uma das cenas que eu achei mas hilária na série, Sheldon, tem sua conta de World of Warcraft hackeada. até alerta a polícia já que o FBI não quiz o atender (qualquer Nerd ficaria chateado com a conta do seu jogo online Upado por meses ser roubada por um estranho).

Obrigado Dr. Sheldon Cooper pelos seus conhecimentos e por me trazer essa série que me identifico bastante, sendo assim minha segunda série favorita e  como ele mesmo diz: Bazinga !

Obs: Futuramente eu farei uma parceria com o Adm Luiz e montaremos um post sobre o estilo geek usado na série que é bastante copiado e o mais legal que é Unissex (eu tento copiar assumo) e assim poderemos nos sentir um pouco na série.

Espero que tenham curtido, ME DESCULPEM sei que ficou MUITO grande:/  mas é um especial para uma série que merece quem ja conhece sabe que estou falando a realidade da série mais engraçada dos últimos anos e quem não conhece, não perca tempo e vai assistir, principalmente se ja faz parte desse mundo Geek, prometo que vai soltar boas risadas.

Agora dexa eu ir porque tenho que acordar às 6:00 para uma aula de Biologia sobre histologia vegetal (banquei o Sheldon agora!)

Abração !  Adelber

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s